Prefeitura de Guamaré

     

Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Guamaré/RN

Vereadora Diva Maria de Araújo é empossada prefeita interina de Guamaré

publicado: 31/10/2018 10h56,
última modificação: 31/10/2018 10h56

 

A vereadora de Guamaré, Diva Maria de Araújo, foi empossada no dia 26 deste mês para assumir, interinamente, o mandato na Prefeitura Municipal. A justiça determinou o afastando do prefeito interino, Emilson de Borba Cunha, que ocupou o cargo após o Supremo Tribunal Federal (STF) também afastar da função o prefeito Hélio Miranda.

Neste começo de gestão, a prefeita interina Diva Maria tem recebido lideranças e reunido assessores mais próximos para definir o futuro do município que vivencia uma instabilidade política. Apesar das dificuldades encontradas, como a falta de uma transição administrativa e o pedido de exoneração de praticamente todos os cargos comissionados, essenciais ao funcionamento do poder executivo, a prefeita tem demonstrado trabalho e vontade de acertar.

“Infelizmente o cenário político de Guamaré vive numa constante instabilidade e isso traz um angustiante sentimento de insegurança para todos nós. Como cidadã torço para que possamos superar esse momento, sem que a população venha sofrer com atitudes inconsequentes!”, disse a prefeita Diva Maria.

 

Em seu primeiro dia de mandato, a prefeita interina Diva Maria visitou repartições públicas, como o Hospital Municipal, no centro da cidade, conversou com servidores e com a população e pediu empenho de todos para superar este momento difícil.

“Mais do que nunca Guamaré precisa do apoio de toda nossa população. É hora de deixarmos os interesses políticos de lado e trabalharmos juntos por nossa cidade. Conclamo todos os servidores a retornarem aos seus postos de trabalho e assim voltarmos a ver o crescimento da nossa cidade”, destacou Diva Maria.

A Prefeitura de Guamaré decretou, na última sexta-feira (26), situação de emergência administrativa no município pelo período de 60 dias, o que possibilitará a nova gestão a dar continuidade aos programas essenciais à população com a contratação direta de bens e serviços.