Prefeitura de Guamaré

     

Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Guamaré/RN

Telecentro é destaque na política pública de educação em Guamaré

publicado: 13/12/2019 12h32,
última modificação: 13/12/2019 12h32

Projeto da Prefeitura de Guamaré, funcionando desde 2009, com o aporte da Secretaria Municipal de Educação, o Telecentro Comunitário se destaca com a sua proposta de alfabetização digital, que atende crianças do ensino fundamental dos anos iniciais (1º ao 5º ano) das escolas públicas e privadas do município e comunidades.

O setor é coordenado desde 2015 pela professora e pedagoga Rita Anjos. É importante destacar que não se trata de uma estrutura de escola regular, o Telecentro visa preencher o horário em que o aluno não está na escola”, explicou a coordenadora do projeto.

No ano de 2019, as atividades foram planejadas considerando a seguinte temática: Conectando a aprendizagem com a magia e os valores da Disney. Nessa perspectiva foi trabalhado ludicamente todo o universo da Disney”, acrescentou Rita dos Anjos. No Telecentro de Guamaré proporcionamos alunos uma ampla possibilidade de pesquisa virtual, leituras e interpretação com atividades práticas em sala de aula e laboratório de informática.

Sobre o público atendido em 2019, Rita dos Anjos revelou que foi atendida uma demanda de 110 alunos. Para melhor atender essas crianças, foi realizada uma divisão de frequência que corresponde àformação de duas turminhas: turma I(segunda-feira e quarta-feira) turma II (terça e quinta), sendo a sextas-feiras um dia em que todos estão juntos para uma aula recreativa”, explicou.

O Telecentro de Guamaré é formado por um quadro pedagógico composto por quatro professores selecionados por meio de processo seletivo. Todos os educadores têm especialização em áreas que abrangem o campo da Educação, Mídias, Educação Especial, Gestão Escolar, Educação ambiental e Tecnologias educacionais.

Perspectivas para 2020

Sobre as perspectivas para o ano de 2020, a coordenadora do projeto está otimista, quanto à continuidade do atendimento à comunidade escolar, de forma a integrar as crianças na alfabetização,trabalhando em paralelo os aspectos sociais e culturas. “Trabalhamos na perspectiva de enfatizar a conscientização dos alunos para os aspectos ambientais, priorizando os espaços do município”, concluiu Rita dos Anjos.