Prefeitura de Guamaré

     

Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Guamaré/RN

SEMAS promove aula inaugural do projeto “Viver Melhor: Escola do Amanhã“

publicado: 10/03/2020 08h10,
última modificação: 10/03/2020 08h10

A Prefeitura de Guamaré deu mais um passo para a implantação de uma iniciativa importante na política pública de atenção à pessoa idosa. Aconteceu nessa segunda-feira, 09, na Câmara Municipal, a aula inaugural do projeto “Viver Melhor: Escola do Amanhã”.

O projeto foi contemplado através da parceria da atual gestão municipal e a Secretaria de Assistência Social com o Programa Parceiro do Idoso, sob a responsabilidade da área de investimento social do Banco Santander.

“Esse projeto vai desenvolver um serviço voltado para o fortalecimento do cuidado com a pessoa idosa, no que se refere a sua educação para uma vida de autonomia; instrumentalizando-os para que consigam lidar com situações do seu dia a dia, através da aprendizagem, com inclusão digital e alfabetização”, destacou a Secretária Municipal de Assistência Social, Juliana Câmara.

O “Viver Melhor: Escola do Amanhã” também terá atividades que vão contribuir com o processo de envelhecimento ativo, autônomo e cidadão do público assistido. Serão atendidos idosos da sede do município, comunidades e moradores do distrito de Baixa do Meio.

Durante a aula inaugural, o cordelista Francisco de Betânia apresentou o projeto em poesia. Francisco das Chagas Menezes, representante dos idosos no Conselho Municipal do Direito do Idoso – CMDI elogiou a iniciativa pioneira da Prefeitura de Guamaré na região salineira.

O projeto será coordenado pela assistente social do município, Patrícia Lessa, com o acompanhamento direto de João Valério Alves Neto, gerente da política municipal voltada para a pessoa idosa de Guamaré. Durante o evento, a Secretária Juliana Câmara, destacou a importância da iniciativa no aprendizado das novas tecnologias, ressaltando a necessidade da inclusão digital e alfabetização do público idoso.

“Esse projeto contemplará oficinas de manuseio de celular, caixas eletrônicos e demais dispositivos eletrônicos, que vão possibilitar ao idoso uma maior autonomia sob as questões do seu dia a dia, prevenindo também as situações de violação de direitos causadas pelo abuso financeiro e pela violência patrimonial”, explicou Juliana.

Na ocasião, também estiveram presentes o vereador Edinor Albuquerque, representando a Câmara de Vereadores e os Secretários, Mohana Arnoud (Turismo) e Rosendo Ferreira (Articulação Institucional), além dos idosos inscritos no projeto do Centro e localidades próximas, Lagoa Seca e do distrito de Baixa do Meio.

Na sua fala, o vereador Edinor Alburquerque enfatizou a importância da educação para o idoso, lembrando que muitos não tiveram a oportunidade de ser alfabetizados, mencionando também as inúmeras incidências de abuso financeiro, onde os idosos são as maiores vítimas.

Público alvo

O público alvo do projeto são idosos a partir dos 60 anos e as aulas de inclusão digital acontecerão em dois polos (Polo UAB-Guamaré) nas segundas-feiras, das 14h30 às 17h e no Centro de Inclusão Digital em Baixa do Meios, nas terças-feiras, das 14h30h às 17h.

Inscrições

As inscrições no projeto poderão ser realizadas na Casa dos Conselhos de Guamaré, localizada na Rua Monsenhor José Tibúrcio, nº 221 – Centro e no Centro de Referência da Assistência Social – CRAS em Baixa do Meio.

Imagens: Luís Levy