Prefeitura de Guamaré

     

Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Guamaré/RN

Semana do Bebê: Mesa Redonda apresenta os indicadores sociais da 1° Infância em Guamaré

publicado: 08/10/2022 18h14,
última modificação: 08/10/2022 18h15

Dando prosseguimento as ações da Semana do Bebê, em Guamaré, aconteceu na manhã desta quinta-feira (06), no Centro de Convenções, uma Mesa Redonda com o tema: ”10 anos de Semana do Bebê; apresentação dos indicadores sociais da 1° Infância em Guamaré”. 

Este ano, a X edição da Semana do Bebê aborda o tema, “Guamaré, uma década dedicada à Infância: Inclusão, proteção e afetividade”, nessa perspectiva a mesa redonda, trouxe os indicadores das políticas públicas de Assistência Social, Saúde e Educação do município, em referência aos 10 anos de adesão ao Selo UNICEF (Semana do Bebê). Na ocasião, participaram: os Conselhos Municipais das Secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação, Conselho Tutelar,  técnicos de referência das secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação, a coordenadora da Rede Estadual pela Primeira Infância (REPI/RN) e a coordenadora dos Planos para a Primeira Infância e foram feitas contribuições para a elaboração do Plano Decenal da 1ª Infância de Guamaré.

A abertura da Mesa Redonda foi feita pelo articulador municipal do Selo Unicef e secretário de Assistência Social, Fabrício Morais. A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Marise Rodrigues mediou as discussões da mesa redonda, e fez uma breve explanação sobre os indicadores sociais que permearam os 10 anos de edição da Semana do Bebê no município. Ao final de cada apresentação dos indicadores houve espaço para debate, esclarecimento de dúvidas, e contribuições da plenária.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, e primeira-dama do município, Daniella Cristinne Rocha Teixeira falou sobre o indicador que trata da violência contra a mulher. “Temos um longo e árduo trabalho para desenvolver no município, mas estou disposta a lutar para atingir as metas e tornar Guamaré um município onde as mulheres possam viver em segurança e com orportunidades”, conclui. 

*Semana do Bebê: Mesa Redonda apresenta os indicadores sociais da 1° Infância em Guamaré* 

Dando prosseguimento as ações da Semana do Bebê, em Guamaré, aconteceu na manhã desta quinta-feira (06), no Centro de Convenções, uma Mesa Redonda com o tema: ”10 anos de Semana do Bebê; apresentação dos indicadores sociais da 1° Infância em Guamaré”. 

Este ano, a X edição da Semana do Bebê aborda o tema, “Guamaré, uma década dedicada à Infância: Inclusão, proteção e afetividade”, nessa perspectiva a mesa redonda, trouxe os indicadores das políticas públicas de Assistência Social, Saúde e Educação do município, em referência aos 10 anos de adesão ao Selo UNICEF (Semana do Bebê). Na ocasião, participaram: os Conselhos Municipais das Secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação, Conselho Tutelar,  técnicos de referência das secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação, a coordenadora da Rede Estadual pela Primeira Infância (REPI/RN) e a coordenadora dos Planos para a Primeira Infância e foram feitas contribuições para a elaboração do Plano Decenal da 1ª Infância de Guamaré.

A abertura da Mesa Redonda foi feita pelo articulador municipal do Selo Unicef e secretário de Assistência Social, Fabrício Morais. A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Marise Rodrigues mediou as discussões da mesa redonda, e fez uma breve explanação sobre os indicadores sociais que permearam os 10 anos de edição da Semana do Bebê no município. Ao final de cada apresentação dos indicadores houve espaço para debate, esclarecimento de dúvidas, e contribuições da plenária.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, e primeira-dama do município, Daniella Cristinne Rocha Teixeira falou sobre o indicador que trata da violência contra a mulher. “Temos um longo e árduo trabalho para desenvolver no município, mas estou disposta a lutar para atingir as metas e tornar Guamaré um município onde as mulheres possam viver em segurança e com orportunidades”, conclui.